Depoimento impressionante de uma Jovem




Depoiemento:
Fazia parte do Força Jovem, tinha recebido o Espírito Santo e foi algumas semanas depois que recebi o Espírito Santo que conheci uma jovem chamada Camila, demonstrava ser uma boa pessoa e que se importava com os que estavam ao seu redor...Mostrava ser uma jovem de Deus, sempre fazia tudo "certinho".Eu era uma jovem muito ativa no grupo jovem naquela época (meados de março de 2008), quando a conheci, eu fazia parte da equipe da rádio e ela entrou também, já que o pastor me perguntou sobre ela, eu disse que era uma boa pessoa e tal apesar de não conhece-la muito. Com o tempo foram começando as contendas na equipe, um obreiro decidiu sair da equipe porque não agüentava mais a desobediência e a implicância dela, digo pra senhora que sempre que eu via os erros dela eu passava a mão na cabeça dela, já que ela era a minha "melhor amiga".Com o tempo passei a me observar, eu já não era tão ativa quanto antes, já não fazia parte da equipe da rádio, já não dava aulas de informática, não evangelizava... Estava como conselheira, mas vivia prostrada pelos cantos, subindo e descendo com ela... E nós ficávamos pelos cantos falando mal dos outros.. Falando mal do pastor, do obreiro, do membro..
Dizendo que as pessoas não eram libertas...Enfim, chegou a Fogueira Santa! Me vi num mato sem cachorro porque eu ia para minha primeira fogueira santa, não pela fé, mas pela obrigação de fazer para mostrar as pessoas que eu estava "na fé". Era revoltante, eu mesmo me via incomodada com aquela situação.. Como eu podia ser tão fingida? Como eu poderia ter me tornado daquele jeito?Depois que passou a fogueira me senti um lixo... Eu era um peso morto na minha Província (Nação do FJ), não fazia nada e se contribuía com algo era pra mostrar que ainda fazia...E nesse tempo a Camila já tinha sumido, eu ligava mas ela não ia pra igreja, e ela estava como candidata a obreira...
O mais grave vem agora, descobrimos que ela mentiu a respeito disso e tirou uma xerox da antiga carta (antes de sair de candidata, porque ela veio de uma igreja do bairro para a catedral) e entregou ao pastor.Em setembro do ano passado eu a vi, estava completamente perturbada, nem comigo falava, estava desnorteada... E ali eu pude ver quem realmente ela era... E bem que várias pessoas me avisaram, mas eu não quis ouvir e acabou acontecendo que em dezembro eu resolvi me afastar da igreja, porque de Jesus já tinha me afastado fazia tempo.Eu não agüentava usar o meu uniforme aos domingos, tinha nojo de mim mesma. O que resultou essa amizade? Derrotas!
Voltei pro mundo... Fiz coisas que nunca teria imaginado fazer e que sinto nojo só de lembrar.. Fiz a minha mãe sofrer muito, briguei com a minha família e ficava quase que o dia todo prostrada no sofá assistindo TV e nem se quer arrumava a casa.Até que no dia 4 de abril eu tinha ido à um show de rock... Me vi numa situação tão perturbadora que nem acreditava que realmente estava ali... Até que uma conhecida chegou perto de mim e disse:"Isso aqui pra mim já não tem graça" E eu parei e pensei o mesmo, fiquei olhando ao redor do lugar e observando o que as pessoas faziam, observava toda a minha situação e falei pra ela o mesmo... Isso não tem graça e aqui não é lugar pra mim...Foi quando no dia 10 de abril/2009 recebi um convite pra ir na IURD. A minha tia Ieda que desde que tenho 8 anos luta por mim me chamou, de inicio pensei em não ir, mas acabei indo.
Chegando na Catedral vi todo mundo, vi aqueles que me alertaram sobre tudo que passei e que não dei ouvidos... Eu não estava com a mínima intenção de voltar, mas quando ouvi um obreiro que foi o meu líder dizer "Que bom que a senhora voltou". Na mesma hora pensei que era hora de tomar vergonha na cara e voltar pra Jesus! Voltei!
A partir daquele dia tudo foi completamente diferente.
Hoje em dia? Voltei a viver! Estou muito feliz com meu Jesus e nada nem ninguém irá me afastar dEle! Aprendi a ser uma verdadeira serva. Aprendi que não devemos nos deixar influenciar pelos outros. Aprendi que devemos manter a nossa confiança no Senhor Jesus. Aprendi também a não ficar de amizade pra cima e pra baixo com ninguém... E hoje digo a senhora, tenho uma amiga sim, uma que na época eu nem dava atenção para o que ela dizia, mas hoje em dia somos companheiras de guerra.Essa minha amiga se chama Liliane, e fico muito feliz por ter a amizade dela. A nossa amizade é assim:
Nós unimos as nossas forças pra arrancar as almas do inferno e traze-lás para Jesus pra que elas tenham vida.
Nos unimos pra falar a respeito das coisas de Deus.
Nos unimos pra fazer propósito pelas almas.
Nos unimos pra falar de Jesus para os nossos familiares.
Nos unimos pra crescer o nosso batalhão de guerra contra as forças do mal...
Nos unimos pra trazer de volta aqueles que se afastaram de Deus.E creio D. Cristiane, que essa seja uma amizade construtiva, o bom é ser amigo de alguém que queira o mesmo que você: SALVAR! Hoje sim posso dizer, agora sei o que é ser serva.--

Sem comentários: